O site bom prá cachorro!
Home » » Como Funciona a Nova Lei de Proteção Animal na Suiça

Como Funciona a Nova Lei de Proteção Animal na Suiça

Written By CACHORRO BOM on sexta-feira, 13 de janeiro de 2012 | 21:04

Nova lei na Suiça.  
Diplomas obrigatórios:  
A partir da entrada em vigor da nova Lei, a pessoa que comprar um cachorro na 
Suíça precisa ter diploma. Ele é dado através da visita obrigatória de três 
cursos teóricos e de um treinamento prático ao ar livre, com pelo menos cinco
horas de duração.
O objetivo é ensinar as necessidades básicas dos cães e formas de educá-los.
 As regras abrangem não apenas cachorros perigosos, como pitt-bulls ou dobermanns, 
mas também os pequenos chihuahuas, pequineses ou poodles. Até setembro, 
todos os proprietários de cães na Suíça – o registro dos animais é obrigatório 
nas prefeituras, assim como o pagamento de impostos anuais - precisam ter o 
diploma em mãos. A única exceção é dada para quem já tinha um cachorro antes de 
1° de setembro.

"A importância desses cursos é conscientizar as pessoas de que ter um cão exige 

muitas responsabilidades. Eles vivem algumas dezenas de anos e tem necessidades
básicas assim como crianças", justifica Falk.
Por isso que gatos também não foram esquecidos. Seus direitos estão detalhados: o 
artigo 80, por exemplo, prevê contato obrigatório com seres humanos e outros 
gatos, espaço de descanso, brinquedos para afiar as unhas e escalar o banheiro, 
pelo menos um por animal. As regras são obrigatórias a partir de 2013. 

Detalhe: a 
amputação das suas unhas também está proibida por lei.
Também o tamanho do estábulo das vacas ou do galinheiro deve atender normas
mínimas, incluindo também a extensão dos poleiros, iluminação e também 
possibilidades de ocupação. Pássaros precisam de assentos acolchoados. Colocar 
peixes de aquário no congelador ou jogá-los na latrina é considerado um crime. A 
lei estabelece que eles devem ser anestesiados antes de ser mortos

Em muitos casos, a compra de animais exóticos deve agora ser autorizada pelos 

governos cantonais. Amigos de répteis, por exemplo, precisam fazer cursos. 
Animais vivos só podem ser mantidos como alimentação – para cobras, por exemplo – 
se não existir outra possibilidade.

Controle policial?

Com tantos detalhes e nuances, a nova Lei de proteção aos animais também suscita
dúvidas. Muitos se perguntam se a polícia suíça vai entrar nas casas e averiguar 
se um cão ou coelho está sendo tratado como mandam as regras? "Não, nosso 
principal objetivo é o esclarecimento e não a punição", responde Falk, 
acrescentando que as autoridades só podem entrar em ação a partir de indícios 
concretos de maus tratos.

O rigor é justificado até por números. De 2006 a 2007, os casos de crimes 

cometidos contra animais foram registrados pelos cantões, segundo estatísticas do 
BVET, passaram de 592 a 717. Em grande parte, as vítimas foram animais domésticos 
e depois animais de criação como porcos e bois. Em 2007, de todos os casos
registrados, apenas 147 tiveram condenações com o pagamento de multas acima de
500 francos.
Além dos casos cotidianos, o mau tratamento de animais pode ser exemplificado
através de atos de extrema violência. No final de setembro, um polonês foi 
condenado no cantão da Basiléia a expulsão da Suíça e pagamento de 1.500 francos 
por ter agredido três novilhos. Dos três, em um foi provado que o trabalhador agrícola havia cometido ato de sodomia.
Share this article :

Um comentário:

  1. Na realidade, estou no meu 3º ano a viver e a trabalhar na Suiça, nunca vi um cão sózinho ou maltratado, nem um gato!...São estimados, nalguns casos, como os filhos da casa!!É impressionante o tratamento que as pessoas aqui dão aos animais!...E até hoje nunca pisei nem sequer um cócó de cão!..

    ResponderExcluir

Os proprietários do blog se reservam o direito de não publicar comentários de Anônimos. Se você acha que pode falar o que quiser, identifique-se com nome completo e telefone. Não se esconda atrás do anonimato.

PET SHOPS AGORA SÃO OBRIGADOS A CONTRATAR VETERINÁRIO PARA INSPEÇÃO DIÁRIA NOS ANIMAIS

PET SHOPS AGORA SÃO OBRIGADOS A CONTRATAR VETERINÁRIO PARA INSPEÇÃO DIÁRIA NOS ANIMAIS
Medida entra em vigor a partir de 15 de janeiro para garantir bem-estar de animais sob cuidados de estabelecimentos como Pet Shop, Banho e Tosa e Lojas de Ração e Feiras de Animais que vendam ou tenham animais em exposição.
 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Proudly powered by Blogger
Copyright © 2011. PROJETO CACHORRO BOM - All Rights Reserved
Template Design by Creating Website Published by Mas Template